Em Memorial: Panteão Nacional Aristides de Souza Mendes – Portugal

Lançado em 05 de outubro de 2021.

Portugal coroou o ex-diplomata Aristides de Souza Mendes com uma cerimônia no panchayat nacional na sequência de uma resolução aprovada pelo parlamento português em 5 de outubro.

Para marcar este ritual, em forma de tumba vazia, sem retirar os restos mortais do seu local de nascimento no Carvão do Sal.

O Panteão Nacional, localizado na Igreja de Santa Angrésia em Lisboa, é um local de descanso memorial dos heróis e figuras públicas nacionais.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Aristides de Sousa Mendes, então embaixador de Portugal em Portugal, desobedeceu às ordens do presidente português António de Oliveira e salvou milhares de pessoas do Holocausto.

Em novembro de 1939, Salazar emitiu um acordo secreto denominado “Circular 14” ordenando aos consulados portugueses que recusassem a emissão de vistos para países cuja “nacionalidade indefinida, disputada ou disputada, apátridas e judeus tivessem sido deportados ou para os seus países de origem”.

Desafiando essas ordens, Aristides de Sousa Mendes foi chamado de volta a Lisboa em 8 de julho de 1940. O pai de 14 filhos, que serviu fielmente como diplomata por 32 anos, foi forçado a se aposentar e desistiu do processo. Em 3 de abril de 1954, Aristides faleceu num hospital franciscano de Lisboa. Ele foi sepultado em rito franciscano.

Por seu trabalho, Aristóteles de Souza Mendis recebeu o título de “Justiça das Nações” por Yada Washem (Memorial do Holocausto) em nome de Israel em 1966, para não-judeus que arriscaram suas vidas para salvar judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

o Recebedor de muitos cursos e prêmios, Em 17 de junho de 2020, durante sua aparição pública, Papa Francisco O “Dia da Consciência” foi marcado pela actuação de Susa Mendes, que apelou para que a liberdade de consciência seja respeitada em todos os momentos e em todo o lado.

READ  Surfista português Frederico Morais teste positivo para COVID

Mais recentemente, o Senado dos EUA aprovou uma resolução em 3 de março de 2021, pedindo a coroação de Aristides de Souza Mendes. A 13 de julho de 2021, aniversário de 136 anos, o busto foi apresentado na Sala do Parlamento Português. Um lugar público em Paris, França, em 2022, será dedicado a ele com uma placa em sua memória.

Ele representa os Estados Unidos Fundação Susa Mendes, Fundado em 2010, é dedicado a homenagear sua memória. O objetivo é educar o mundo sobre o seu bom trabalho, incluindo a angariação de fundos para a criação do Museu e Centro de Direitos Humanos Susa Mendes em Portugal e o financiamento de projetos norte-americanos que defendam o seu património.

PAJ / Staff

** Relate uma correção ou erro de digitação [email protected]. Temos o compromisso de manter a qualidade de nossa revista, incluindo a precisão. Carolina Matos / Editora.

Postagem relacionada

Coordenação: Aristóteles Sousa Mendes Portugal – Recordado no Panteão Nacional

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Folha d’Ouro Verde